Quem nunca sonhou conhecer Paraty? Uma das cidades mais visitadas no Brasil, a cidade está localizada a 258 km da capital fluminense, ao sul do Estado do Rio de Janeiro. E é um ótimo destino para ir com os amigos, família ou sozinha, por que não? Alias, em um lugar com tantos turistas vindo de todo Brasil e do mundo, impossível não fazer novas amizades. 

 

Para quem vai sozinha, vale a dica: procure ficar em hotéis/pousadas localizados próximos ao Centro Histórico. Por mais que seja uma cidade segura, é melhor termos cuidado com bairros mais distantes. Em Paraty não existem ônibus noturnos e pegar um táxi pode não ser tão barato.

 

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

Paraty por si só é encantadora, mas em suas proximidades também há lugares lindos e imperdíveis para conhecer.

 

Nosso roteiro foi feito para 6 dias de viagem, mas nada impede que você possa encurtar esse tempo - somando as atividades em apenas um dia -  ou estendê-lo aproveitando outras maravilhas da cidade. Então vamos lá!

 

1º DIA - CENTRO HISTÓRICO

 

Não há dúvidas, reserve o primeiro dia para conhecer o Centro Histórico de Paraty. Com centenas de edifícios em estilo colonial e ruas de calçamento irregular, chamado calçamento "pé de moleque", a cidade guarda uma história a cada esquina. São vários bares, igrejas, museus, restaurantes e ateliês. Você, com toda certeza, vai esquecer das horas enquanto estiver percorrendo as ruas paratienses.

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

 

Se você é fã de leitura, pode começar fazendo uma visita a uma das duas unidades da Livraria de Paraty. Além de um grande acervo de livros nacionais, a livraria conta também com obras estrangeiras, CD´s e DVD´s. Se você está viajando com crianças, na unidade da Rua do Comércio existe um espaço especial para criançada. Maiores informações você encontra no site www.paraty.com.br/livrariadeparaty/index.asp .

 

Outro lugar que não pode ficar de fora do seu passeio ao centro histórico é a Casa de Cultura de Paraty. Ela funciona de terça a domingo, de 10hs às 22hs. Lá você encontra exposições de artes e muitos espetáculos. Sem contar o prédio, que é simplesmente deslumbrante e um dos mais famosos de Paraty. Para informações sobre a agenda do Centro de Cultura, consulte o site www.casadaculturaparaty.org.br .

 

É verdade, Paraty parece respirar cultura. E, não será incomum que encontre diversos ateliês. Um ótimo momento para comprar algumas lembrancinhas. O difícil será escolher, pois são tantas peças lindas que vão desde quadros, esculturas, até bijuterias e brinquedos artesanais. Não vamos indicar um atelier, sob o risco de deixarmos um de fora. Mas não se preocupe, você irá se deparar com dezenas deles em todo centro histórico!

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

 

Ficou com fome? Se você é louca por doces não deixe de experimentar os doces vendidos em carrinhos no centro histórico. São vários sabores: curau, pavê de limão, bolo de chocolate, mousse de maracujá, brigadeiro e por ai vai. Impossível experimentar apenas um! Eles custam em média R$4 e são servidos pedaços bem generosos.

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

 

No final do dia - somente às quartas e sábados - vale a pena conhecer o famoso teatro de bonecos do Grupo Contadores de Estórias. O espetáculo ocorre às 21 horas e é um dos teatros de bonecos mais famosos do Brasil e do Mundo. Para obter maiores informações, consulte o site www.ecparaty.org.br.

 

Para finalizar o passeio pelo centro histórico, nada melhor do que beber algo em um dos bares que ficam ao lado da Igreja Matriz. Com oito alambiques em atividade na cidade, impossível não provar da cachaça Gabriela (cachaça com cravo e canela), ou quem sabe de sua mistura com limão, maracujá e açúcar, chamada de Jorge Amado. Essa bebidas são encontradas em praticamente todos os bares de Paraty e foram criadas ainda no tempo em que o filme Gabriela foi gravado na cidade.

 

Uma última dica: para quem procura por balada, na cidade você encontra um ótimo lugar chamado Paraty 33. A casa noturna mais famosa da cidade funciona durante o dia como restaurante e a noite você encontra música ao vivo e muita animação. Uma observação importante é que não importa se está terminando de beber, quando chega o horário da casa se transformar em "balada", eles irão retirar sua mesa e sua cadeira sem muita dó e te deixar com o copo na mão. Tirando por esse detalhe e pelo preço um pouco salgado, a casa é super divertida e bem frequentada, vale muito a pena conhecer. No site www.paraty33.com você confere a programação da semana.

 

 

2º DIA - TRINDADE

 

As praias de Paraty não são muito boas para o banho. Então vale a pena fazer um pequeno passeio até Trindade, uma antiga vila de pescadores ao ladinho de Paraty. O ônibus sai direto da rodoviária e te deixa bem próximo à praia. Trindade também possui uma boa estrutura turística, portanto, compensa alongar a estadia e pernoitar por lá.

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

As praias mais famosas de Trindade são: Praia do Cepilho, Praia do Cachadaço, Praia do Meio e Praia Brava. Não é difícil chegar a essas praias e a beleza natural é de tirar o fôlego! Mas lembre-se: não existem agências bancárias em Trindade e nem todos lugares possuem uma maquininha de cartão, então é melhor retirar dinheiro antes mesmo de sair de Paraty.

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

 

3º DIA - CAMINHO DO OURO E CACHOEIRA

 

Todos sabem que no passado Paraty serviu como escoadouro do ouro vindo de Minas Gerais. Mas poucos sabem que essa estrada, construída por escravos entre os séculos XVIII e XIX, surgiu a partir das trilhas feitas pelos índios guaianases que habitaram aquela região. Durante o ciclo do ouro a estrada ligava Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. E, era no porto de Paraty que as riquezas produzidas pelas mineração escoavam para Portugal.

 

O melhor de tudo é que a estrada ainda está bastante conservada e a visitação deve, obrigatoriamente, ser realizada na companhia de um guia autorizado. Para isso, basta agendar na hora sua visita no Centro de Informações, localizado no início da trilha em Penha, a 8,5 km da estrada Paraty-Cunha. Caso opte por ir de ônibus, existe uma linha que parte da rodoviária de Paraty.

 

O valor do voucher é de R$20,00 por pessoa e a caminhada é de nível médio. Portanto, não se esqueça de levar um tênis confortável, além de protetor solar, repelente e roupa de banho. Maiores informações você encontra no site www.paraty.com.br.

 

Depois de toda a caminhada, nada melhor do que banhar-se em uma cachoeira localizada bem próximo ao Centro de Informações Turísticas do Caminho do Ouro: a Cachoeira do Tobogã, também conhecida como Cachoeira da Penha.

 

O caminho para esta cachoeira é bem sinalizado e próximo a um restaurante e um alambique artesanal. Um lugar perfeito para recarregar as energias após realizar o Caminho do Ouro, não é?

 

 

4º DIA - PASSEIO DE ESCUNA SAINDO DE PARATY

 

Esse é um daqueles passeios imperdíveis quando se vai a Paraty. São várias as escunas que partem de Paraty com destino a algumas ilhas próximas, como: Praia da Lula, Ilha Comprida, Ilha do Mantimento, Praia Vermelha e Lagoa Azul. Impossível escolher qual delas é a melhor! Em todas você encontrará águas bem azuis e uma natureza de fazer "cair o queixo".

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

 

As escunas alugam a máscara e o tubo de respiração para realização de mergulho. Mas é sempre bom levar o seu. Você pode comprar em lojas de mergulho, na área comercial de Paraty, o preço do snorkel por lá é bem justo!

 

Em média os passeios duram de 4 a 5 horas e, dentro da escuna, há sempre música ao vivo ou ambiente e cortesia de frutas.

 

 

5º DIA - VISITA AO QUILOMBO CAMPINHO DA INDEPENDÊNCIA

 

Apesar de pouco conhecido pelos turistas que visitam Paraty, o Quilombo Campinho da Independência é um ótimo lugar para visitar, almoçar e comprar objetos artesanais. Localizado a 20km do centro de Paraty, no km 584 da BR-10, o quilombo está cravado em meio à Mata Atlântica, com uma das mais belas vistas da região.

 

A história deste quilombo também passa pela história de três grandes mulheres: Vovó Antonica, Tia Marcelina e Tia Maria Luíza. Essas mulheres, ex-escravas, conduziram com muita garra o processo de desenvolvimento do local após o regime escravocrata. E, praticamente, todos os moradores são descendentes de uma destas três mulheres.

 

No local vivem cerca de 150 famílias, que vivem, principalmente, do artesanato. São tapetes, cestos, balaios, colares e muitos outros objetos que você pode adquirir. Um ótimo lugar para comprar lembrancinhas para os amigos e parentes que não puderam ir na viagem.

 

Os moradores do Quilombo do Campinho também realizam visitas guiadas, onde é possível conhecer a história recheada de lutas, superações e resistência dessa comunidade quilombola. O roteiro passa pela casa de farinha, viveiro agroflorestal, casa de artesanato e pelos núcleos familiares, onde se pode não apenas conhecer a rotina dos moradores, mas também escutar as histórias dos moradores mais velhos.

 

Para fechar o passeio, nada melhor do que almoçar no Restaurante do Quilombo, que serve comidas típicas quilombola, como feijoada, bobó de camarão, vaca atolada, camarão flambado na cachaça, taioba refogada e muito mais. A comida é realmente maravilhosa e, para terem uma ideia, no ano de 2007 o restaurante foi premiado pelo Guia Comer e Beber.

 

 

6º DIA - ILHA GRANDE

 

Esse é um passeio inusitado para quem vai a Paraty, afinal Ilha Grande (Ipaum Guaçu na língua Tupi) pertence ao Município de Angra dos Reis. Mas é um passeio possível e delicioso. É preciso sair logo cedo de Paraty e pegar um ônibus com destino a Angra dos Reis, para aqueles que não estão de carro, claro. Atualmente, existe também a possibilidade de sair de Paraty direto para Ilha Grande, com um barco. Porém, essa é uma opção mais cara.

 

Sabe-se que Ilha Grande já era habitada por índios Tamoios quando aqui chegaram os Portugueses. A ilha também serviu de ancoradouro clandestino de barcos estrangeiros que traziam, escravos africanos para Paraty e, também, é onde localizava-se o Presídio Cândido Mendes, um dos presídios mais famosos do país, por abrigar presos políticos e espiões estrangeiros durante a ditadura militar e também onde surgiu o Comando Vermelho.

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

 

Chegando em Angra, não é difícil localizar o cais para embarque nas escunas. E é tudo muito organizado, um pouco diferente do cais de Paraty. O preço médio das escunas é de R$50 por pessoa e o passeio dura em média 4 horas.

 

As praias mais visitadas em Ilha Grande são: Lagoa Azul (apesar do nome, não é a mesma praia visitada em Paraty), Freguesia de Sant´Ana, Lopes Mendes, Praia Vermelha , Caxadaço, Praia de Japariz. Existem escunas que também realizam uma parada na Ilha de Cataguases, ainda na baía de Angra (um lugar perfeito e de águas cristalinas, excelente para realização de mergulhos).

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

 

DIA EXTRA

 

Sobrou um dia extra em seu roteiro? Que tal relaxar e repor as energias no Spa Shambhala. O Spa fica bem pertinho do centro histórico e tem uma maravilhosa vista para as montanhas e para baía de Jabaquara.

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

No Shambhala Spa você encontrará diversas técnicas de relaxamento, (Zen Shiatsu, Reflexologia, Abhyanga, etc), cuidados pessoais (depilação, esfoliação corporal, drenagem linfática, etc), além de um atendimento de primeira!

 

Lembrando que as Afiliadas Woman Trip possuem desconto de 15% em todos os serviços oferecidos pelo Shambhala Spa. Tudo isso por menos de R$5 ao mês. Não perca tempo! Faça seu cadastro no site e usufrua o melhor de Paraty.

 

paraty-dicas-mulheres-viajantes-woman-trip

 

 

--

E para fechar o post com chave de ouro, trouxemos para vocês esse calendário com todos as atividades culturais que acontecem durante o ano em Paraty!

 

paraty dicas mulheres viajantes woman trip

 

Se você ficou com dúvidas, ou quer acrescentar mais informações nesse post sobre Paraty, deixe nos comentários ou envie-nos um email para contato@womantrip.com .

 

solicite cartao vantagens woman trip